sábado, 25 de outubro de 2008

Slides e Considerações da palestra sobre Mercado de Teste de Software

Dia 22/10/08, quarta-feira, aconteceu o segundo evento do GUTS - Grupo de Usuários de Teste de Software com o tema: O PANORAMA DO MERCADO DE TI E DA PROFISSÃO DE TESTADOR DE SOFTWARE NO BRASIL.
O apresentador foi o Diretor da QAI Brasil, Fernando Scarazzatto que estava em Porto Alegre e aproveitou o convite do GUTS para falar um pouco para nós gaúchos sobre o mercado de TI, mais especificamente em Teste de Software.

No início de sua apresentação, Fernando Scarazzatto falou um pouco sobre a QAI. A Quality Assurance Institute é um organização com quase 30 anos de existência (fundada em 1980), que tem seu principal objetivo oferecer liderança na melhoria da qualidade, produtividade e soluções eficazes para o gerenciamento de processos em TI.
Além da QAI oferecer as certificações, através do Software Cerification, também oferece às empresas soluções customizadas em Teste e Qualidade de Software e tem unidades em vários centros do mundo. Ela é conhecida como umas das principais e mais importantes organizações focadas em Teste e Qualidade de Software.

Foram apresentados dados muito importantes da visão geral do mercado brasileiro referente a software. Vimos o crescimento do mercado em relação aos anos anteriores (2005 e 2006) e em específico o segmento de serviços de software.
Na apresentação foi possivel visualizar que os modelos de qualidade vem sendo adotados de uma maneira lenta e gradativa, em relação aos principais modelos existentes em TI, como Cobit, ITIL, PMI, etc.
Dentro dos modelos de Qualidade de Software foi apresentado a evelução do modelo MPS.BR, um modelo brazuca que vem ganhando muita aderência pelo seu baixo custo em relação ao CMMI.

Notamos pela apresentação do Fernando que apesar do Brasil ter evoluído na questão de produtos e serviços de software, muitas empresas não adotam ou sequer conhecem normas e modelos de Qualidade de Software, tais como ISO 9000, ISO 1227, CMMI, ISO 15504 (SPICE) e que o mesmo ocorre para as normas de qualidade de produtos, tais como ISO/IEC 9126, ISO/IEC 14589 e ISO/IEC 12119.

Na evolução histórica do Teste de Software vimos que o Processo de Teste era encarado como um processo de manufatura, mas com crescimento do mercado consumidor, da competitividade e do aumento da demando por sistemas o Teste de Software passou a ser encarado como um processo separado do desenvolvimento de software, tendo seus próprios papéis e com o conceito de fábrica de teste. Aprendemos quais são as habilidades necessárias para se tornar um profissional na área de Teste de Software, bem como seu perfil.

Em relação ao Mercado de Teste, Fernando Scarazzatto nos falou que ainda há uma grande carência de profissionais especializados e ambientes estruturados para suportar o teste de software nas empresas, a falta de cobertura de testes em relação aos requisitos do software.
Mas em contrapartida o mercado está em tranformação, que já podem ser percebidas pela Carreira do profissional de teste, já reconhecida com alguns cargos específicos dentro das empresas. Universidades e instituições já estão investindo em centros de competência e cursos em Teste.

Vimos a faixa salarial dos profissionais em teste em dois aspectos: um na pesquisa de cargos e salários por Cristiano Caetano e a outra um dado do próprio Fernando sobre a faixa salarial destes profissionais em São Paulo/SP.
Para que um profissional possa ter espaço no mercado de Teste é importante, se não fundamental, ter uma comprovação de seus conhecimento não só pela experiência, mas também por uma Certificação Profissional. Vimos quais as principais certificações (CTFL, CBTS, CSTE e CAST) e seus custos associados (treinamento e prova).

Por fim foi aberto um painel para perguntas ao Fernando, em que discutimos a necessidade de lingua Inglesa no curriculo do testador e também do amadurecimento do mercado gaúcho em relação à Teste de Software.



Fotos do evento

Fernando Scarazzatto



Participantes




Da esquerda para a direita: Elias Nogueira, Priscila Blauth, Fernando Scarazztto e Viviane Rangel


Leia também o post no TestExpert: Impressões pessoais da Palestra "O panorama do mercado de TI e da profissão de testador de software no Brasil"
http://www.testexpert.com.br/?q=node/1104

O slide tabém está disponível no blog do GUTS no seguinte endereço: http://groups.google.com.br/group/guts-rs-sucesu/web/O Mercado de Teste de Software.pdf

Nenhum comentário: